manifestando o Reino em meio à adoração, intercessão e batalha espiritual

12 DIAS DE JEJUM – CAB – CI – 4º DIA

4º Dia – das 18h de 30.09 às 18h de 01.10 – Quarto dia de jejum e precisamos manter o foco no quebrantamento, arrependimento e na unidade. Mesmo que seja um tempo de confronto contra as autoridades manipuladas por Jezabel, é também um tempo de consolo e esperança aos que se humilham perante o Senhor. A promessa do Senhor é devolver a chuva e a voz que clama no deserto tem uma instrução de consolar o povo de Deus.

Oremos pra que aqueles que não se renderam e nem se dobraram a Baal ou à corrupção do sistema eclesiástico e político da nação, continuem unidos e perseverantes. Dispostos a lutar em oração, em testemunho e em prática de atos de justiça. Que o remanescente do bem cresça a ponto de levar o Brasil ao cumprimento de seu propósito profético. Que servos do Senhor e políticos corretos sejam como os grupos escondidos por Obadias. Como os sete mil, preservados pelo Senhor. Como os trezentos de Gideão. Como José, Daniel, Ester ou Mardoqueu. Que não morra a esperança de que veremos uma Igreja plena e um Brasil muito melhor, construídos com oração e atos de justiça dos santos e de todo o povo brasileiro.

Vai, apresenta-te a Acabe; porque darei chuva sobre a terra.

1 Reis 18:1

Consolai, consolai o meu povo, diz o vosso Deus.

Falai benignamente a Jerusalém, e bradai-lhe que já a sua milícia é acabada, que a sua iniqüidade está expiada e que já recebeu em dobro da mão do Senhor, por todos os seus pecados.

Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor; endireitai no ermo vereda a nosso Deus.

Todo o vale será exaltado, e todo o monte e todo o outeiro será abatido; e o que é torcido se endireitará, e o que é áspero se aplainará.

E a glória do Senhor se manifestará, e toda a carne juntamente a verá, pois a boca do Senhor o disse.

Isaías 40:1-5

 

ARREPENDIMENTO

Senhor eu quero me arrepender por minha vaidade e soberba, as quais me levam a querer que as coisas sejam feitas do meu jeito e no meu tempo. Quando isto não ocorre, eu perco a esperança e deixo de sonhar com tuas promessas, como se o Senhor não fosse capaz de cumpri-las. Tu tens uma chuva pra mim, para a Igreja brasileira e para todo o Brasil., portanto eu me rendo ao teu consolo e abandono toda rebeldia. Perdoa-me a infantilidade e meninice! Eu renovo e retomo minha esperança e confiança em Nome de Jesus, sabendo que a ti pertence o tempo e o modo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado